Painel | Minha conta | Ajuda | Sair

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Poder de atração

Há pessoas que parecem ímãs: atraem todos que estão à sua volta. Podem ou não ser bonitas, não é o físico que importa. O que elas têm? Um conjunto de qualidades e características que, sim, é possível desenvolver. Conheça-as.
Por: Rose O.Delfino

Sarah Jessica Parker, Vera Fischer, Sheila Cavalho, Madonna. O que essas quatro mulheres têm em comum, além da fama? Simples: elas identificam seu poder de atração e o exercem plenamente. Sarah, a protagonista do seriado Sex and the City, cira empatia a ponto de tornar "a amiga" de todas as mulheres profissionais e independentes das grandes cidades. Vera é linda, mas não é isso que a faz carismática. O que atrai nela são a imponência, a segurança, uma certeza interna que é só dela. Scheila esbanja sensualidade e tem plena consciência disso, o que lhe rendeu o posto de mulher mais sexy por uma revista masculina durante três anos consecutivos. E Madonna é tudo isso junto e mais um pouco, a rebelde que se tornou um ícone contemporâneo usando as mesmas estruturas que contesta. Veja o que elas têm de especial.

Ela são únicas...
As mulheres que estão mais próximas de si mesmas, se reconhecem e conhecem qual é a sua marca pessoa que a distingue das outras, que são o poder de atração.
È o magnetismo pessoal que faz de Julia Roberts uma estrela, e não tem necessariamente a ver com o físico, embora esse possa ser mais um componente na receita. Maria Bethânia não se enquadra nos conceitos tradicionais de beleza, mas tem um poder de atração fantástico, no palco ou fora dele. Ela brilha de alguma forma que é única. Tanto Vera Fischer quanto Bethânia transmitem com sua pose de rainha uma certeza. Provavelmente a de Bethânia é ligada à música e a de Vera à total consciência de que se defende de uma forma maravilhosa como mulher.

São simpáticas e naturais
Atração também pode ser relacionada com simpatia: o sorriso, a presença, a autenticidade. Mas como ser autêntica na sociedade atual, na qual as determinações de padrões de beleza são rígidas e impostas? Atualmente parece que todo mundo que ser igual, boa parte das mulheres busca ter seios grandes , cabelos lisos, corpo malhado. "Ser autêntica é manter uma coerência interna e externa, ter coragem de ousar e ser diferente. É ser esperta para não desprezar o que está na moda, mas absorver o que a agrada e faz sentido para você, diz a psicóloga Carminha Levy.
O estado de espírito conta muito. Cientistas ingleses fizeram um teste com duas gêmeas que se encaixam no padrão normal de beleza ( a pesquisa foi filmada e exibida no canal GNT). Uma noite, elas ficaram de uma boate sob a mira das câmeras. Uma estava alegre, sorridente e simpática e recebeu vários elogios. Já a outra foi orientada para ficar com a cara fechada, somo se estivesse de mau humor. Resultado: recebeu só uma cantada.

Demonstram segurança
Quem é autoconfiante passa sensação de segurança, como se estivesse totalmente confortável consigo. "A confiança vem da aceitação de si mesma, requisito básico para quem quer estar de bem com a vida", diz o psicanalista Luis Cuschinir, autor do livro Homens sem Máscaras - Paixões e Segredos dos Homens (Editora Campus). Essa postura se reflete fisicamente, como se a pessoa se abrisse par ao mundo.

São entusiasmadas
Pessoas muito competentes, apaixonadas por seu trabalho, em geral exibem essa segurança que entusiasma. A top Gisele Bundchen, quando chegou à São Paulo, ficou nove meses sem trabalhar. "Mas ia a todos os castings mesmo sabendo que poderia parecer jovem demais para aquela campanha"- diz o psicólogo Marco Antonio de Tommaso, que atende às agências de Modelos Elite e L'Equipe. Não desistia nunca. Sempre foi disciplinada, dedicada e persistente". Como vê, magnetismo não é só inspiração ou sorte, vem de dentro para fora e às vezes com algum esforço, até a aceitação de si mesma. "Há mulheres bonitas que pouco se conhecem e vivem querendo ser outra pessoa", diz ele. A própria Nicole Kidman disse em entrevista: "Tenho corpo de menino. Prefiriria muito mais ter o corpo da Jennifer Lopez a ter o meu". No caso dela pode parecer charminho, mas a verdade é que quem não está contente consigo mesma dificilmente vai irradiar uma energia positiva ou parecer agradável.

Valorizam os pontos fortes
Todas as pessoas têm alguma parte do corpo que pode ser considerada como bonita. Ressaltar esse traço, notar-se no mundo como um ser único e perfeito, dar sorrisos sinceros e criar um ambiente agradável ao seu redor podem compensar, e muito, uma suposta falta de beleza física", confirma o psicanalista Luiz Cuschnir. Passada a primeira impressão, as pessoas em geral se sentem melhor e consequentemente mais atraídas por aquelas que as deixam confortáveis. "Os homens admiram mais as mulheres que têm um certo ar de segredo do que as que transmitem uma idéia de facilidade e desprendimento grande na entrega", diz o terapeuta.

Olham nos olhos
Quem quiser desenvolver o magnetismo precisa buscar uma atitude diferenciada perante a vida, e não seguir o senso comum. "Olhar nos olhos das pessoas, por exemplo, estabelece um contato de alma, que é regido por aquele algo que nos norteia e que eu chamo de "eu superior". Esse algo nos dirige para o equilíbrio, o viver bem, a prosperidade", ensina Caminha Levy. É claro que procurar esse contato mais profundo exige um leve esforço e por isso nem sempre lembramos de agir assim no dia-a-dia. Mas tentar não custa e o resultado pode ser surpreendente.

São atenciosas e educadas
Quando dirigimos o olhar ao garçom que nos serve ou à bilheteira do cinema e lhe dizemos um "muito obrigada", também aumentamos nossa reserva de magnetismo. É como se essa pessoa passasse a existir e a lhe enviar ondas de simpatia. Como explica Heitor Durville em seu lvro Magnetismo Pessoal, os pensamentos e ações da mesma natureza atraem-se e fazem nascer, ou aumentar, a consideração, a confiança e o amor. Carminha Levy vai um pouco além. Explica que dirigir a atenção a uma pessoa que está nos prestando um serviço, com um olhar que reconhece a dignidade dela, nos dá uma energia fantástica de acolhimento e feminilidade, que, claro, é atraente.
Sugerem, e não impôem
Gente que costuma ditar regras desperdiça a oportunidade de mostra carisma. "Impor sua opiniões e achar que a vida das outras pessoas tem de ser pautada pelos seus padrões é uma atitude antipática. Melhor não dizer "faça isso, faça aquilo". Prefiro sugerir: "O que você acha de fazer isso ou aquilo?", propõe Carminha.

Falam com o corpo
Chamar a atenção e atrair olhares não é mesmo exclusividade das pessoas fisicamente bonitas. Ás vezes, o modo como mexe no cabelo, como anda, sua postura podem chamar mais atenção do que um rosto certinho. Não é apenas uma característica que dá essa força, mas um conjunto delas. Passamos muito do que sentimos por meio dos gestos. As pessoas que possui magnetismo combinam naturalmente a linguagem corporal com a própria personalidade.

São bem humoradas
É fato, ninguém resiste a um comentário engraçado. Pessoas que conseguem dissipar um mal-estar com uma tirada divertida têm um ponto a mais na escala do magnetismo. até para ensinar algumas coisas ao filho a comunicação fica mais fácil por meio de uma brincadeira.

Fonte:Revista Uma



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Seja bem-vindo!!! Obrigada por acessar este blog; sua presença é importante! O espaço é democrático e está aberto para todos, porém, sem ofensas!
ÀQUELE QUE TORNAR SEGUIDOR DESTE BLOG, DEIXAR O LINK DO SEU ESPAÇO NOS COMENTÁRIOS PARA QUE POSSIBILITE SEGUI-LO DE VOLTA!

Atenciosamente - Maria Adeladia (autora do blog)




Adeladia Lins - © 2011 (TODOS OS DIREITOS RESERVADOS)
Layout do blog desenvolvido por: Maycon Moreira Vieira (mayconmoreiravieira@gmail.com)