Painel | Minha conta | Ajuda | Sair

domingo, 19 de dezembro de 2010

Ouricuri-PE: Fernando Bezerra:4ª chefia



Fonte: Lvro “Ouricuri:História e Genealogia, Raul  Aquino, 1982”.
Fernando Bezerra foi um dos melhores prefeitos da cidade de Ouricuri, em tempos longíquos.
Além dele, houve outros, também bons, porém, irei citar especialmente esse nobre cidadão, pela sua gestão produtiva no progresso do município!
Hospital Regional Fernando Bezerra:reformado atualmente.
Inicia boa administração  na cidade. Em 1936 adquiriu em Recife, um motor a óleo  e a firma vendedora se encarregou de adaptá-lo para lenha, faria a montagem e o entregaria funcionando no dia 20 de janeiro de 1937, com a cidade iluminada.

A inauguração da luz coincidiria com a festa do padroeiro São Sebastião. Fernando  programou intensa solenidade para esse dia, distribuindo convites para amigos de municípios vizinhos. O motor , entretanto, não funciona, e Fernando, prejudicado  nos seus compromissos, dispensou os mecânicos da firma e contratou outros, que não descobriram o mistério do motor. Ninguém conseguia fazê-lo funcionar e o tempo correu de janeiro a junho, com tentativas frustradas. 

O advogado Guedes Filho, pilheriando Fernando, aconselhou pedir para o motor, uma bênção de Frei Damião que aqui passava em missões religiosas. No dia 28 de junho, às 13 horas , o frade milagroso benzeu o motor e em seguida viajou para outra cidade. Por coincidência atendeu ao pedido,  ou não, Fernando e o mecânico improvisado , Deolindo Siqueira Coêlho, naquela tarde, em manobra simples, fizeram o motor funcionar e iluminaram a cidade sob surpresa geral. Deolindo tornou-se o  mecânico da empresa e esse motor serviu à cidade por vários anos, instalado no antigo prédio do mercado, construído em 1928, por  Antônio Soares. Posteriormente, o prefeito Laudenor  Lins , construiu novo prédio para a empresa de Luz e Força.
Na década de 1940 foi construído por Fernando Bezerra o grande prédio do Grupo Escolar Telésforo Siqueira.
Afastado da administração municipal de Ouricuri, por motivo da Implantação do Estado Novo, através do Golpe de 10 de novembro de 1937, Getúlio Vargas, como presidente, com poderes ditatoriais, Fernando Bezerra se afasta da gestão municipal, retornando  em 1945, com o processo de redemocratização do país, volta à vida política chamado pelo interventor Etelvino Lins de Albuquerque, que substituiu Agamenon Magalhães, designado Ministro da Justiça, por Getúlio Vargas. Pela segunda vez, assume o cargo de prefeito de Ouricuri.
Sua administração foi das melhores, fez calçamento de uma área da cidade, um mercado de carne,  um aeroporto, melhoria de prédios escolares, e consegue o Hospítal Regional  que a partir de 1962 recebe seu nome. É ajudado nesse trabalho pelo governador Barbosa Lima Sobrinho.
Apesar de boa administração, desgostava de seus correligionários por motivo de seu temperamento áspero, fortalecendo assim, a oposição.
Fernando Bezerra ( sogro do político Felipe Coêlho) , foi assassinado em 1962, encontrado morto em sua residência. Os rumores da época informaram que o autor do crime foi um “débil mental”, de nome João Castor Falcão, conhecido por Joãozinho, filho de um líder político já falecido na época, Rodrigo Castor da Rocha Falcão. Dizem que Joãozinho foi encontrado poucos  dias depois, morto no interior de sua casa, uma casa próxima da cidade.
Fernando Idalino Bezerra, nasceu em Salgueiro a 10 de abril de 1902 e falecido a 2 de fevereiro de 1962, casado com D. Edith Muniz Bezerra, teve o casal, 4 filhas: Maria, Ivonete Muniz Bezerra, Hildete Bezerra Coêlho, esposa do então, na época, deputado estadual Felipe Coêlho, e Lisete Bezerra Coêlho, casada com o industrial em Petrolina, Paulo de Souza Coêlho, irmão de Nilo Coêlho, ex- governador de Pernambuco.
Avenida Fernando Bezerra (central)
Além do Hospital Regional Fernando Bezerra, seu nome é também, o da Escola Industrial, de nome Escola Estadual Fernando Bezerra, e das ruas da cidade, a Avenida Fernando Bezerra (avenida principal e centralizada). Encontra-se sepultado em Salgueiro, sua terra natal.
Considerações válidas:
De 1938 a 1947, foram nomeados os seguintes prefeitos: João Batista Cabral, Manoel  Mário Nunes Peixoto, Teófilo Lins  Sobrinho, José de Oliveira  Pessoa, David Peixoto de Melo que ficou conhecido por David Bacurim, Osvaldo Rodrigues de Farias, Laudenor Lins, tenente  José do Rego Barros, Antonio Anísio de Matos Coêlho e novamente Laudenor Lins.

4 comentários:

Anônimo disse...

sou neta de Fernando Bezerra,porfavor entre em contato comigo
deboravitamassa@hotmail.com

Maria Adeladia disse...

ANÔNIMO:É um grande prazer tê-la por aqui.Já encaminhei-lhe e-mail.Obrigada pela visita.Bjs.

Anônimo disse...

Olá, me chamo Pedro Gomes. Moro em Marabá, no Pará.
Minha mãe trabalhou para a D. Edith Muniz Bezerra (sogra do sr. Paulo Coelho, irmão – de Nilo Coelho). Será que você poderia conseguir algumas fotos dela e da família (de preferência da época de 1966) para eu mostrar pra minha mãe? Caso consiga, por favor, envie para meu e-mail: nettomaraba@gmail.com
Sei que é uma missão difícil, mas é que minha mãe é idosa e quer relembrar os momentos que viveu ao lado desta ilustre família.
Um abraço.

P-S: Caso não consiga as fotos, agradeço se puder me indicar alguém que possa me ajudar.

Maria Adeladia disse...

ANÔNIMO:No momento, não tenho como ajudá-lo, porém, entre neste blog: "http://tribunacariri.com.br/"
É um repórter aqui da cidade.Ele tem mais contado com a população.Comunique-se com ele.É provável ter mais sucesso.Espero que consiga, caso não, informar que tento outros recursos.Abraços e volte sempre.

Postar um comentário

Olá! Seja bem-vindo!!! Obrigada por acessar este blog; sua presença é importante! O espaço é democrático e está aberto para todos, porém, sem ofensas!
ÀQUELE QUE TORNAR SEGUIDOR DESTE BLOG, DEIXAR O LINK DO SEU ESPAÇO NOS COMENTÁRIOS PARA QUE POSSIBILITE SEGUI-LO DE VOLTA!

Atenciosamente - Maria Adeladia (autora do blog)




Adeladia Lins - © 2011 (TODOS OS DIREITOS RESERVADOS)
Layout do blog desenvolvido por: Maycon Moreira Vieira (mayconmoreiravieira@gmail.com)